Dimas Carneiro

    Dimas Carneiro

    São Paulo (SP)
    23seguidores4seguindo
    Entrar em contato

    Comentários

    (660)
    Dimas Carneiro
    Dimas Carneiro
    Comentário · há 3 anos
    Uma das coisas que aprendi, em minha judicatura, é que, para desbaratar uma grande quadrilha, usam-se uns bandidos para pegar outros, até que os poucos restantes possam ser pegos, todos de uma vez. Na minha opinião, a operação Lava Jato está cometendo um erro, ao tentar pegar, de uma só vez, todos os delinquentes de colarinho branco envolvidos nessa imensa e sofisticadamente estruturada quadrilha multipartidária que, de longa data, vem sugando e destruindo a Nação Brasileira. Os noticiários mostram, claramente, que a marginalidade ilustre está em polvorosa, entretanto, pensar que esse pavor generalizado é um efeito positivo é incidir em grave erro de interpretação, pois, diante do perigo comum da investigação séria e efetiva justa punição, os delinquentes de colarinho branco os quais, queiramos ou não, estão investidos, de direito e de fato, em poder estatal e estão se unindo, para se defenderem da ação severa da Polícia e da Justiça, ação essa que tem resultado em cassação, condenação criminal e efetiva prisão de vários dos seus pares, além de grandes empresários corrompidos por Suas Excelências as quais, pelo que vem sendo noticiado, vêm costurando um GRANDE ACORDO, com vistas à aprovação de uma lei de anistia ampla geral e irrestrita, para que todas essas “vítimas da Lava Jato” possam escapar das consequências de suas culpas e, se forem bem sucedidos, o resultado final de tudo isto poderia ser o mais bizarro: os marginais do poder, todos livres de punição, enquanto que juízes e policiais, heróis dedicados ao saneamento do país, podem acabar oficialmente execrados e punidos, talvez até com prisão, por “abuso de poder”. Pelo que já vi, nos 64 anos de minha vida, não podemos subestimar o surrealismo brasileiro. Busca-se, nos próximos dois anos, através do Governo, ainda interino, o saneamento político do Brasil, preparando-o para a eleição de 2018 e, até lá, estuda-se a mudança do regime de governo para o parlamentarismo, através de emenda constitucional a ser votada pelos parlamentares que ainda se encontram sob investigação dessa mesma Operação. Mas, como esperar bom resultado de todo esse empreendimento de saneamento a cargo, justamente de quem tem todo interesse em manter o estado brasileiro exatamente com está? Aliás, a mudança de regime de governo deveria ser feita pela via da Assembléia Geral Constituinte, não pelos órgãos legislativos compostos, em sua maioria esmagadora, por parlamentares nada preocupados com a situação do país, mas, tão somente com os seus próprios interesses pessoais mesquinhos, aliás, realizou-se um plebiscito cujo resultado foi pela manutenção do regime presidencialista, o que reforça a via assemblear como única forma constitucional de se empreender a mudança pretendida, contudo, o projeto de emenda constitucional para tal modificação já se encontra em curso. Não se pode esquecer, outrossim, que a representatividade legislativa está sensivelmente comprometida pelo sistema de voto de legenda através do qual elegeram-se muitos parlamentares com baixíssima votação, porque pertencentes a partidos políticos equipados com poderosos “puxadores de votos” (artistas, esportistas etc.). Esse Presidente fraco e medíocre está ajudando a arrastar o Brasil ao comunismo bolivariano: além de ter nomeado ministros de estado políticos investigados na Operação Lava Jato, o seu Ministro da Defesa é um civil pertencente a partido socialista o qual, obviamente não conseguirá comandar as Forças Armadas, porque entre os Militares não há covardes, nem "babacas" e, ainda, traiu 90% do povo brasileiro que o apoiava, ao ceder ao grupo de artistas parasitas da Nação (aliás, com isto, nem o apoio daqueles inúteis Temer conseguiu) e, de tudo isto resultou a vertical queda de confiança popular em seu Governo o qual, assim, não sobreviverá e, dessa forma, o Brasil corre o sério risco de receber de volta o governo petista o qual fatalmente nos arrastará ao sinistro comunismo bolivariano, a menos que os Militares intervenham em defesa da Pátria. A mudança do Brasil para melhor é tarefa para quem tem incontestável seriedade de propósito a qual entretanto vemos ausente na maioria dos parlamentares e executivos atuais, diante do que, no meu entender, somente as instituições militares podem se encarregar dessa difícil missão de preparar o país para a próxima eleição na qual, ao invés de bandidos, possam concorrer pessoas honestas e competentes as quais vêm se mantendo afastadas da política, para não se misturarem com os maus elementos que infestam esse meio.
    Dimas Carneiro
    Dimas Carneiro
    Comentário · há 3 anos
    Prezado Senhor Maximiliano Zapata.

    A sua ingenuidade me comove, porque o senhor parece ser o tipo da pessoa tão pura de coração, a ponto de não ser capaz de ver o grande mal que lhe fez esse Governo muito hábil para causar prejuízo às pessoas, fazendo com que estas pensem que estão sendo beneficiadas. Disseram, por exemplo, que criaram uma nova classe média, a classe C, composta de pessoas com renda mensal inferior a R$3.000,00 que é o mínimo necessário a uma vida digna, disponibilizando entretanto o crédito, sem exigência de renda apropriada, através do qual essas pessoas se viram capazes de viajar de avião, comer fora, comprar veículo, eletrodomésticos, imóvel etc., mas, sem a renda adequada, em pouco tempo essas pessoas acabaram ficando repletas de dívidas que não puderam pagar e, consequentemente, os seus nomes foram negativados no cadastro de crédito e muitos acabaram tendo esses bens apreendidos, para o pagamento dos seus credores. Ora! Essas pessoas foram iludidas com a falsa ideia de uma classe média que jamais existiu e, quando acordaram desse belo sonho, viram-se endividadas, insolventes e com os seus nomes comprometidos, mas essa ilusão funcionou durante o tempo suficiente para dar ao Governo a popularidade que precisava durante aquele determinado período, ou seja, abusou da ingenuidade do povo para se autobeneficiar, sabendo perfeitamente que essa gente acabaria se prejudicando. O Governo do PT vende ilusões para impressionar o povo, mas o único que se beneficia é sempre o próprio Governo e foi sempre dessa forma que esses políticos agiram, em todos os projetos que empreendeu. Quando advém a realidade e o consequente resultado danoso para o povo, o Governo atribui isso ao imperialismo americano, à elite brasileira, enfim, arranja uma desculpa inconsistente qualquer e o povo, ingênuo, acredita nisso e continua sendo usado e explorado, sem perceber quem realmente o explora. Espero ter conseguido ser claro para o senhor. Um abraço!

    Recomendações

    (575)

    Perfis que segue

    (4)
    Carregando

    Seguidores

    (23)
    Carregando

    Tópicos de interesse

    (4)
    Carregando
    Novo no Jusbrasil?
    Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

    ANÚNCIO PATROCINADO

    Outros perfis como Dimas

    Carregando

    Dimas Carneiro

    Entrar em contato